18

dez

Por que quero ou, não quero, me casar?

Final de ano. Época em que fazemos planos, pensamos sobre o que vivemos durante o ano e sobre o que queremos viver no futuro. Por que não aproveitar esse momento para pensar também no futuro ao lado da pessoa que amamos? Por que me casar?

Quando estamos apaixonados parece óbvio querer dar um passo a frente no relacionamento. Demonstrar todo o amor com o Pedido de Casamento. Deixando claro para o outro que você quer ele na sua vida para sempre.

Trabalhando com Pedidos de Casamento e surpresas românticas, nós comprovamos todos os dias que o amor não saiu de moda. Não mesmo! Ainda tem por aí muita gente que acredita no amor. Que não tem medo de mostrar o quanto é feliz por ter encontrado a pessoa certa.

Mas, não dá para ignorar o número de divórcios, desentendimentos e desilusões. E é por esse número que tanta gente fica com o pé atrás quando chega a hora de decidir dar um passo a mais no relacionamento.  Como saber que depois do casamento o relacionamento não vai desandar?

É difícil. Mas, é possível evitar dificuldades se antes do casamento alguns pontos forem levados em conta.

 

É preciso sim pensar racionalmente antes de decidir fazer o Pedido de Casamento

Já recusei clientes que queriam fazer o Pedido de Casamento por medo do término do relacionamento, para evitar que o outro aceitasse um curso no exterior, ou mesmo por medo da solidão. A primeira coisa que pergunto quando um futuro noivx me procura é o porquê ele decidiu fazer o Pedido agora. A decisão não deve ser tomada por nenhum motivo além da certeza das duas partes de que é com aquela pessoa que quero construir uma vida e uma família juntos.

 

Construir uma vida e uma família juntos

Isso vai muito além do amor que vocês sentem, apesar dele ser a base que vai manter vocês unidos. Para construir uma vida e família juntos é preciso que vocês tenham ideais e conceitos frente a vida pelo menos parecidos. Afinal, agora as decisões serão tomadas em conjunto.  E por mais que você esteja disposto a abrir mão de algumas coisas em função do outro. Fica cansativo construir uma vida abrindo mão do que você pensa ou sonha a todo momento.

 

O diálogo sobre o futuro de vocês deve existir

Por mais que vocês queiram deixar as coisas fluírem, ou pensem que fazer planos pode criar falsas expectativas. O Pedido de Casamento não deve acontecer se vocês nunca conversaram sobre o futuro.  Você precisa saber como o outro se imagina daqui a dez anos se quer construir uma vida com ele. E, mais, você precisa saber porque quer construir um futuro ao lado dessa pessoa.

Um pensador argentino chamado González Pecotche escreveu em um dos seus livros que:

“É comum que se confie ao acaso o que escapa ao domínio das previsões; daí que o homem não demore em ver o espectro da infelicidade rondando seu lar. Eu aconselharia a todos os jovens, de ambos os sexos, em via de contrair matrimônio, que formulassem para si a seguinte pergunta: ‘Para que quero casar-me?’

Eis aqui, a interrogação que o homem deveria propor a si mesmo antes de acometer semelhante empresa; interrogação que poucos formulam para si, e, se formulam, não é com o necessário acerto. Ao nos dispormos a fazer essa íntima indagação, por certo devemos ter em conta que não se trata de submeter o amor (que coloco acima de toda manifestação sensível) nem a vida conjugal (que deve ser sua extensão lógica) ao crivo de raciocínios que minam sua essência. Examinada a pergunta à luz de nossos pensamentos e possibilidades discernitivas, ela haverá de nos levar a pensar que a determinação de nos casarmos responde ao desejo de adotar o gênero de vida oferecido pelo matrimônio.” Trecho do livro O Senhor de Sándara

 

Na minha experiência tenho observado que as desilusões e fracassos são menores.

E até os preparativos para o casamento fluem de uma maneira mais tranquila quando os casais decidem dar um passo a mais na relação tendo a certeza do porquê estão fazendo isso. E tendo projetado como querem que a vida seja quando estiverem morando juntos, as coisas se encaminham de maneira muito mais fácil.

Feitas essas reflexões, você vai saber se pode definir 2018 como o ano do seu Pedido de Casamento inesquecível. E nós, claro, estaremos aqui prontos para te ajudar a realizar esse sonho!

SABER MAIS

Voltar

Deixe um comentário

*